Quarta, 01 Dezembro 2010 14:36

Formação de líderes para a gestão e universidades de classe mundial

A competitividade das universidades passou a ser algo estratégico para os países que perceberam que precisam de universidades competitivas, atrair os melhores talentos (professores e alunos), produzir conhecimento e ser uma instituição internacional. A opção de investir em um conjunto de universidades de classe mundial é de países asiáticos. Na Europa, as reformas da educação superior procuram tornar as universidades mais competitivas. Enquanto isso, no Brasil temos duas universidades do Estado de São Paulo (USP e Unicamp) que se destacam no cenário mundial, mas que ocupam posições secundárias nos rankings internacionais. O Brasil precisa de universidades que possam ser competitivas no cenário internacional.

As IES são complexas e necessitam de líderes capazes de fazer a gestão qualificada. Uma IES de classe mundial tem exigências de gestão que requer líderes de visão global, capazes de entender o macro ambiente da educação superior.

O texto Formação de líderes para a gestão e universidades de classe mundial.pdf é uma reflexão sobre a necessidade do Brasil formar líderes universitários e investir em universidades de classe mundial.

Ler 407 vezes

Newsletter

Livros

Podcast