Próximo evento

palestra 01

UNISAL vai sediar capacitação 2015 do Consórcio STHEM Brasil

Eles serão multiplicadores do saber

Entre os dias 16 e 22 de maio o UNISAL Lorena vai sediar o Consórcio STHEM. A tarefa de capacitar 150 professores de 34 instituições de ensino superior será dada a cinco renomados profissionais do universo acadêmico. (veja currículo abaixo) 

A formação sobre Metodologias Ativas acontece em parceria com LASPAU, programa de desenvolvimento acadêmico e profissional afiliado à Universidade de Harvard com foco nas Américas. Entre as instituições participantes, estão UNISAL, UniÍtalo, ESPM, PUC Goiás e Paraná, UNESP  Guaratinguetá, FATEA Lorena e UERJ, entre outras

Segundo o Diretor Operacional do UNISAL, Fábio Reis, a intenção é que professores capacitados expandam seus conhecimentos para universidades de todo o país.

“Quando o professor é escolhido pela instituição para participar dessa formação, ele recebe a missão de  multiplicar tudo o que aprendeu a outros educadores”, ressalta Fábio Reis.

A primeira formação capacitou 120 professores. Até 2016, a intenção é que mais de 1.000 tenham conhecimentos multiplicadores de aprendizagem ativa.

Além disso, ainda este ano, professores do UNISAL irão desenvolver um programa de capacitação gratuita voltada aos educadores de escolas públicas.

Acompanhe meu canal no Youtube

Mudanças significativas no ensino superior: quem viver, verá.

Fábio José Garcia dos Reis

As organizações erram quando não percebem que há mudanças significativas nos ambientes em que atuam. A História nos ensina que as organizações que mais rápido se adaptam às novas realidades econômicas, sociais, culturais, tecnológicas e de concorrência obtiveram sucesso.

As instituições de ensino superior (IES) são organizações acadêmicas que, ao longo do tempo, demonstram resistências às mudanças, em função da fragilidade das lideranças, da postura conservadora perante as novas realidades, do corporativismo acadêmico e da permanência de concepções de “universidade” elaboradas no século XIX e início do XX. É que preciso repensar essa concepção e atualizá-la, em função da dinâmica do século XXI.

Caminhos para construirmos um novo paradigma de IES. O case na Arizona State University.

Débora Guerra
Fábio Reis
Gustavo Hoffmann

As boas leituras são sempre instigantes. Recomendamos ler o livro “Designing the New American University”, escrito por Michael Crow e Willliam B. Dabaras, que motivou nossa visita, e apresenta as inovações realizadas na Arizona State University (ASU), onde Crow é presidente.

A ASU possui aproximadamente 84 mil estudantes, estando 19 mil no ensino a distância. A revista U. S. News, focada em rankings na área de ensino superior, publicou em 2015, um ranking das IES mais inovadoras na área de currículo, uso da tecnologia para educação, perfil de professores e engajamento dos estudantes. A ASU está em primeiro lugar, Stanford University, em segundo, e MIT, em terceiro.

Crise, liderança e inovação

Fábio José Garcia dos Reis

Ronaldo Mota, Reitor da Universidade Estácio, publicou no dia 23/12/2015 um artigo no jornal “O Hoje”, de Goiás, com título “Temos uma crise, ou seja, há oportunidades educacionais”. Ele argumenta que na educação superior não podemos fazer sempre o mesmo, por isso, é preciso perceber as “mudanças profundas” que acontecem para “entendê-las e usá-las estrategicamente”. Mota cita Albert Einstein, ao fazer referência aos momentos de crise como propulsores da angústia, das invenções, das inovações e das estratégias. Assim que li o artigo de Mota, comecei a ler o livro “Engines of Innovation: the entrepreneurial university in the twenty-first century”, de Holden Thorp e Buck Goldstein.

Re: Learning: a necessidade de repensar os modelos acadêmicos convencionais

Fábio José Garcia dos Reis

O jornal “The Chronicle of Higher Education” sempre traz reportagens interessantes sobre inovação no ensino superior. Os interessados no tema podem acessar o site do jornal e ler os textos do projeto “Re:learning: mapping the new education landscape”. O objetivo é apresentar projetos, histórias e análises sobre as mudanças nos parâmetros de aprendizagem, para os gestores, para os pais interessados em conhecer o perfil e a dinâmica das IES inovadoras, para os estudantes que buscam informações sobre a identidade acadêmica das IES, para os professores conhecerem as mudanças que estão acontecendo e que estão por vir e para os legisladores da área de educação.

Pagina 1 de 3

Newsletter

Livros

Podcast